News

GILT researchers participate in ARTECH 2021

The international conference ARTECH starts in a few hours in Aveiro, hosted by the Congress Centre in this city. This year, Ana Barata (GILT researcher), and Valérie Duarte (former GILT collaborator) together with João S. Rocha (Middlesex University) present the work “Dig in Aveiro with AVARUM Lands: An Immersive Game to Promote Cultural Heritage”, introducing an immersive digital game that proposes involving city visitors and inhabitants in the same plot, using the region’s culture as the basis of the game storyline.

Vaga para Bolsa de Investigação

Encontra-se aberto concurso para a atribuição de duas Bolsas de Investigação para Licenciados, sobre financiamento de projetos (POCI), Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI IDT), Aviso 12/SI/2020 – I&DT Empresarial (Copromoção, Parcerias Internacionais), Projeto n.º POCI-01-0247-FEDER- 69949, da Unidade de Investigação GILT – Games, Interaction & Learning Technologies do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), nas seguintes condições:

 

  1. ÁREA CIENTÍFICA

Engenharia Informática ou afim

 

  1. REQUISITOS DE ADMISSÃO

Licenciatura em Engenharia Informática, ou afim

 

  1. DURAÇÃO

A bolsa terá à duração de 6 meses, com início previsto em outubro de 2021, sendo eventualmente renovável de acordo com os objetivos do projeto e o seu orçamento, até ao limite estabelecido na legislação, a decorrer em regime de exclusividade, conforme regulamento de formação avançada de recursos humanos da Fundação para a Ciência e Tecnologia e do ISEP.

 

  1. OBJETO DE ATIVIDADE / PLANO DE TRABALHOS

A atividade pretende contribuir para melhorar a inclusão social e promover o turismo inclusivo. Iremos investigar e desenvolver uma plataforma automática para promover a comunicação fluida bilingue, recorrendo a dispositivos fixos e móveis. Iremos promover a comunicação eficiente e a literacia digital, explorando interfaces bilingues e jogos.

O bolseiro irá:

  1. Compreender, analisar e desenvolver plataformas de comunicação.
  2. Conceber e aplicar processos de Interação Homem-Máquina
  3. Analisar, desenhar, implementar e avaliar processos de tradução automática e jogos
  4. Analisar, avaliar e disseminar os resultados de investigação.

 

  1. LEGISLAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO APLICÁVEL

Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, aprovado pelo Regulamento n.º 950/2019, publicado na 2.ª série- Parte C, do Diário da República, de 16 de dezembro de 2019 e Regulamento de Bolsas de Investigação do ISEP, todos nas suas redações atuais.

 

  1. ORIENTAÇÃO CIENTÍFICA E LOCAL DE TRABALHO

O trabalho será desenvolvido no ISEP – GILT, sob a orientação científica da Doutora Paula Escudeiro.

 

  1. SUBSÍDIO DE MANUTENÇÃO MENSAL

Valor mensal da bolsa: 835,98 €, pago por transferência bancária (de acordo com tabela de valores da FCT: http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores.phtml.pt), suportada através dos PAD’s n.º C50916, C50917.

 

  1. MÉTODOS DE SELEÇÃO E COMPOSIÇÃO DO JÚRI

A avaliação dos candidatos terá em conta três componentes igualmente ponderadas: a classificação obtida no curso superior; experiência anterior em projetos científicos/académicos ou trabalhos profissionais e a avaliação do candidato tendo em conta uma entrevista que lhe será realizada (todos ponderados numa escala de 0 a 20).

Após a análise das candidaturas e a avaliação dos candidatos segundo as componentes em causa, os candidatos serão seriados em ordem decrescente de pontuações. Em caso de igualdade o desempate terá como base o maior valor obtido na entrevista. Caso o empate permaneça, o fator de desempate será a classificação obtida no curso superior. Se o empate ainda permanecer, o júri efetuará uma votação onde todos os elementos do júri votem, cabendo ao Presidente do Júri o voto de qualidade em caso de nova igualdade.

O júri responsável pelo processo de seleção será constituído por:

Professor(a) Doutor(a), Paula Escudeiro (responsável do projeto pelo ISEP) (Presidente);

Professor(a) Doutor(a), Ana Barata (Vogal);

Professor(a) Doutor(a), Nuno Filipe Escudeiro (Vogal),

e como membro suplente Professora Doutora Isabel Azevedo (Vogal suplente).

 

  1. FORMA DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, por correio eletrónico enviado para pmo@isep.ipp.pt, através do envio dos seguintes documentos:

  • Curriculum Vitae;
  • Certificado de habilitações / Documento comprovativo da titularidade do grau académico e diploma, do respetivo reconhecimento quando tenha sido atribuído por instituições de ensino superior estrangeiras ou documento comprovativo do pedido de reconhecimento;
  • Comprovativo de inscrição em ciclos de estudo conferentes ou não conferentes de grau académico
  • Outros documentos comprovativos considerados

Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira, a mesma tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até ao ato de contratação.

 

  1. PRAZO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

A receção de candidaturas decorre entre 27 de setembro a 17 de outubro de 2021.

 

  1. FORMA DE PUBLICITAÇÃO/NOTIFICAÇÃO DOS RESULTADOS

Os resultados da avaliação serão divulgados através de email, para o endereço de correio eletrónico indicado no processo de candidatura.

 

  1. PROCEDIMENTOS DE RECLAMAÇÃO E RECURSO

Caso o resultado seja desfavorável os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis, após a divulgação dos resultados da avaliação de candidaturas, para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia de interessados, nos termos previstos no Código de procedimento Administrativo.

Da decisão final referida nos números anteriores pode ser interposto recurso hierárquico, para o Presidente do ISEP, no prazo de 15 dias úteis após a respetiva notificação.

 

  1. RESERVA DE SELEÇÃO

O ISEP reserva-se ao direito de recorrer aos candidatos não selecionados, por ordem de seriação, para a contratação de bolseiro no âmbito do mesmo projeto por via da desistência do candidato inicialmente selecionado.

Project ICHT is now in course

The ICHT project designed to boost cultural tourism, taking into consideration the deaf community, started this year and it is planned to last two years. GILT has now partnered up with Medidata, the project coordinator, to promote inclusion and translation of sign languages improvement.

4th virtual transnational MODE IT meeting

In the past month, a virtual meeting took place to ensure the future of academic activities, to enhance unique opportunities for higher education. The plan was – and still is – to promote MODE IT across Europe, counting with the effort of our partners to define short- and long-term strategies, to manage past and upcoming challenges. We stand together for the good of this international project. See more here.

Duas vagas para Bolsa de Investigação

Encontra-se aberto concurso para atribuição de duas Bolsas de Investigação para Licenciados, sobre financiamento de projetos (POCI), Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico (SI IDT), Aviso 12/SI/2020 – I&DT Empresarial (Copromoção, Parcerias Internacionais), Projeto n.º POCI-01-0247-FEDER-69949, da Unidade de Investigação GILT -Games, Interaction & Learning Technologies do Instituto Superior de

Engenharia do Porto (ISEP), nas seguintes condições:

 

1.ÁREA CIENTÍFICA

Engenharia Informática ou afim.

 

2.REQUISITOS DE ADMISSÃO

Licenciatura em Engenharia Informática ou afim.

 

3.DURAÇÃO

A bolsa terá a duração de 6 meses, com início previsto em julho de 2021, sendo eventualmente renovada por iguais períodos até ao limite de 24 meses.

 

4.OBJETO DE ATIVIDADE/PLANO DE TRABALHOS

A atividade pretende contribuir para melhorar a inclusão social e promover o turismo inclusivo. Iremos investigar e desenvolver uma plataforma automática para promover a comunicação fluída bilíngue, recorrendo a dispositivos fixos e móveis. Iremos promover a comunicação eficiente e a literacia digital, explorando interfaces bilíngues e jogos.

O bolseiro irá:

  1. a) Compreender, analisar e desenvolver plataformas de comunicação.
  2. b) Conceber e aplicar processos de interação Homem-Máquina.
  3. c) Analisar, desenhar, implementar e avaliar processos de tradução automática e jogos.
  4. d) Analisar, avaliar e disseminar os resultados da investigação.

 

5.LEGISLAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO APLICÁVEL

Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, aprovado pelo

Regulamento n.º 950/2019, publicado na 2.ª série-Parte C, do Diário da República, de 16 de dezembro de 2019 e Regulamento de Bolsas de Investigação do ISEP, todos nas suas redações atuais.

 

6.ORIENTAÇÃO CIENTÍFICA E LOCAL DE TRABALHO

O trabalho será desenvolvido no ISEP– Games Interaction and Learning Technology, sob a orientação científica do Professora/Doutora Paula Escudeiro.

 

7.SUBSÍDIO DE MANUTENÇÃO MENSAL

Valor mensal da bolsa: €835,98 pago por transferência bancária (de acordo com tabela de valores da FCT http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores.phtml.pt), suportada através dos PAD’s n.º C50916, C50917.

 

8.MÉTODOS DE SELEÇÃO E COMPOSIÇÃO DO JÚRI

A avaliação dos candidatos terá em conta três componentes igualmente ponderadas: a classificação obtida no curso superior; experiência anterior em projetos científicos/académicos ou trabalhos profissionais e a avaliação do candidato tendo em conta uma entrevista que lhe será realizada (todos ponderados numa escala de 0 a 20).

Após a análise das candidaturas e a avaliação dos candidatos segundo as componentes em causa, os candidatos serão seriados em ordem decrescente de pontuações. Em caso de igualdade o desempate terá como base o maior valor obtido na entrevista. Caso o empate permaneça, o fator de desempate será a classificação obtida no curso superior. Se o empate ainda permanecer, o júri efetuará uma votação onde todos os elementos do júri votem, cabendo ao Presidente do Júri o voto de qualidade em caso de nova igualdade.

O júri responsável pelo processo de seleção será constituído por:

Professor(a) Doutor(a), Paula Escudeiro (responsável do projeto pelo ISEP) (Presidente);

Professor(a) Doutor(a), Ana Barata (Vogal);

Professor(a) Doutor(a), Nuno Escudeiro (Vogal),

e como membro suplente Professora Doutora Isabel Azevedo (Vogal suplente).

 

9.FORMA DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, por correio eletrónico enviado para

pmo@isep.ipp.pt, através do envio dos seguintes documentos:

Curriculum Vitae;

Certificado de habilitações / Documento comprovativo da titularidade do grau académico e diploma, do respetivo reconhecimento quando tenha sido atribuído por instituições de ensino superior estrangeiras ou documento comprovativo do pedido de reconhecimento;

Comprovativo de inscrição em ciclos de estudo conferentes ou não conferentes de grau académico (exceto BIPD);

Outros documentos comprovativos considerados relevantes.

Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira, a mesma tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até ao ato de contratação.

 

10.PRAZO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

A receção de candidaturas decorre entre 30 de junho a 13 de julho de 2021.

 

11.FORMA DE PUBLICITAÇÃO/NOTIFICAÇÃO DOS RESULTADOS

Os resultados da avaliação serão divulgados através de email, para o endereço de correio eletrónico indicado no processo de candidatura.

 

12.PROCEDIMENTOS DE RECLAMAÇÃO E RECURSO

Caso o resultado seja desfavorável os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis, após a divulgação dos resultados da avaliação de candidaturas, para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia de interessados, nos termos previstos no Código de procedimento Administrativo.

Da decisão final referida nos números anteriores pode ser interposto recurso hierárquico, para o Presidente do ISEP, no prazo de 15 dias úteis após a respetiva notificação.

 

13.RESERVA DE SELEÇÃO

O ISEP reserva-se ao direito de recorrer aos candidatos não selecionados, por ordem de seriação, para a contratação de bolseiro no âmbito do mesmo projeto por via da desistência do candidato inicialmente selecionado.

Vaga para Bolsa de Iniciação à Investigação

Encontra-se aberto concurso para atribuição de uma Bolsa de Iniciação à Investigação financiada pela FCT/MCTES– Fundação para a Ciência e a Tecnologia I.P., através de fundos nacionais, no âmbito do Financiamento Plurianual Base da Unidade (UIDB/05627/2020)-950/2019, nas seguintes condições:

1. ÁREA CIENTÍFICA

Engenharia Informática ou afim.

 

2. REQUISITOS DE ADMISSÃO

Frequência de licenciatura em Engenharia Informática ou afim.

 

3. DURAÇÃO 

A bolsa terá a duração de 3 meses, com início previsto em junho de 2021, sendo eventualmente renovada por iguais períodos até ao limite de 12 meses.

 

4. OBJETO DE ATIVIDADE/PLANO DE TRABALHOS

    • Experiência em atividades de investigação;
    • Conceção de projetos de investigação e desenvolvimento.
    • Fatores preferenciais: Experiência em desenvolvimento de aplicações informáticas.

O bolseiro irá:

  • Compreender, analisar e integrar as atividades de investigação do grupo.
  • Conceber e aplicar processos de desenvolvimento de sistemas informáticos nas atividades de investigação e desenvolvimento inerentes ao grupo.
  • Analisar, avaliar e disseminar os resultados de investigação.
  • Trabalhar com ferramentas de modelação 3D para o desenho e geração das animações mediante agentes virtuais animados em 3D.

As principais funções implicam:

  • Desenvolvimento de base de dados de conteúdos multimédia com as descrições, características, significado e animação dos conceitos correspondentes aos assuntos abordados.
  • Desenvolvimento de um conjunto de aplicações tendentes a demonstrar as possibilidades de Investigação + Desenvolvimento + Inovação deste tipo de tecnologias.

 

5. LEGISLAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO APLICÁVEL

Estatuto do Bolseiro de Investigação, aprovado pela Lei n.º 40/2004, de 18 de agosto; Regulamento de Bolsas de Investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, aprovado pelo

Regulamento n.º 950/2019, publicado na 2.ª série-Parte C, do Diário da República, de 16 de dezembro de 2019 e Regulamento de Bolsas de Investigação do ISEP, todos nas suas redações atuais.

 

6. ORIENTAÇÃO CIENTÍFICA E LOCAL DE TRABALHO

O trabalho será desenvolvido no ISEP– Games Interaction and Learning Technology, sob a orientação científica do Professora/Doutora Paula Escudeiro.

 

7. SUBSÍDIO DE MANUTENÇÃO MENSAL

Valor mensal da bolsa: €446,12 pago por transferência bancária (de acordo com tabela de valores da FCT http://www.fct.pt/apoios/bolsas/valores.phtml.pt), suportada através do PAD n.º C51259.

 

8. MÉTODOS DE SELEÇÃO E COMPOSIÇÃO DO JÚRI

A avaliação dos candidatos terá em conta três componentes igualmente ponderadas: a classificação obtida no curso superior; experiência anterior em projetos científicos/académicos ou trabalhos profissionais e a avaliação do candidato tendo em conta uma entrevista que lhe será realizada (todos ponderados numa escala de 0 a 20).

Após a análise das candidaturas e a avaliação dos candidatos segundo as componentes em causa, os candidatos serão seriados em ordem decrescente de pontuações. Em caso de igualdade o desempate terá como base o maior valor obtido na entrevista. Caso o empate permaneça, o fator de desempate será a classificação obtida no curso superior. Se o empate ainda permanecer, o júri efetuará uma votação onde todos os elementos do júri votem, cabendo ao Presidente do Júri o voto de qualidade em caso de nova igualdade.

O júri responsável pelo processo de seleção será constituído por:

  • Professor(a) Doutor(a), Paula Escudeiro (responsável do projeto pelo ISEP) (Presidente),
  • Professor(a) Doutor(a), Ana Barata (Vogal),
  • Professor(a) Doutor(a), Nuno Escudeiro (Vogal),
  • Professora Doutora Bertil Marques (Vogal suplente).

 

9. FORMA DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

As candidaturas devem ser formalizadas, obrigatoriamente, por correio eletrónico enviado para pmo@isep.ipp.pt, através do envio dos seguintes documentos:

  • Curriculum Vitae;
  • Certificado de habilitações / Documento comprovativo da titularidade do grau académico e diploma, do respetivo reconhecimento quando tenha sido atribuído por instituições de ensino superior estrangeiras ou documento comprovativo do pedido de reconhecimento;
  • Comprovativo de inscrição em ciclos de estudo conferentes ou não conferentes de grau académico;
  • Outros documentos comprovativos considerados relevantes.

Caso a habilitação tenha sido conferida por instituição de ensino superior estrangeira, a mesma tem de obedecer ao disposto no Decreto-Lei n.º 66/2018, de 16 de agosto, devendo quaisquer formalidades aí estabelecidas estar cumpridas até ao ato de contratação.

 

10. PRAZO DE APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS

A receção de candidaturas decorre entre 8 de junho a 22 de junho 2021.

 

11. FORMA DE PUBLICITAÇÃO/NOTIFICAÇÃO DOS RESULTADOS

Os resultados da avaliação serão divulgados através de email, para o endereço de correio eletrónico indicado no processo de candidatura.

 

12. PROCEDIMENTOS DE RECLAMAÇÃO E RECURSO

Caso o resultado seja desfavorável os candidatos têm um prazo de 10 dias úteis, após a divulgação dos resultados da avaliação de candidaturas, para se pronunciarem, querendo, em sede de audiência prévia de interessados, nos termos previstos no Código de procedimento Administrativo.

Da decisão final referida nos números anteriores pode ser interposto recurso hierárquico, para o Presidente do ISEP, no prazo de 15 dias úteis após a respetiva notificação.

 

13. RESERVA DE SELEÇÃO

O ISEP reserva-se ao direito de recorrer aos candidatos não selecionados, por ordem de seriação, para a contratação de bolseiro no âmbito do mesmo projeto por via da desistência do candidato inicialmente selecionado.

ICHT – Turismo de Património Cultural Inclusivo

No dia 10 de maio de 2021, a newsletter da Compete 2020 abordou o projeto ICHT, um projeto que procura aprofundar e dinamizar a área da tradução automática de língua gestual, num processo de maior inclusão, nomeadamente no âmbito do Turismo Cultural, no Norte de Portugal.

A publicação acerca do projeto na newsletter, escrita por Miguel Freitas, reforça, ainda, a importância da acessibilidade, da inovação e do crescimento pessoal e interpessoal. Assim, “o ICHT trará essa experiência para o setor de Turismo do Patrimônio Cultural e desenvolverá um sistema multicanal para auxiliar os turistas surdos e não surdos a tirar o máximo proveito de suas atividades turísticas”.

Para mais informações, consulte a notícia aqui.